Mailza pede agilidade no diagnóstico de jovens com reações após vacinação contra o HPV

  • 18 de April de 2019

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC), buscando respostas, agilidade no diagnóstico e tratamento das jovens que tiveram reações após tomar a vacina contra o HPV, em Rio Branco, se reuniu com a pediatra Ana Gorete Kalume, coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde (MS), nesta terça-feira, 16, em Brasília.

Mailza, durante a reunião, destacou que é preciso agir rápido e encontrar um diagnóstico urgente para as jovens que estão sofrendo. “Não podemos esperar para que esses casos sejam solucionados. Eu vi de perto o sofrimento das adolescentes e também das mães, é uma situação bem dolorosa”, destacou a parlamentar.

A pediatra Ana Gorete informou que os jovens serão encaminhadas para o Hospital da Universidade de São Paulo (USP) onde exames sofisticados serão realizados e afirmou que a preocupação do ministério é diagnosticar imediatamente. Eles disseram também que vão manter a senadora informada por meio de relatórios sobre as ações realizadas.

A senadora também conversou sobre a viabilidade de cursos e treinamentos do Ministério da Saúde para capacitar os agentes da saúde do estado. Gorete ressaltou que o Acre é prioridade na gestão do ministério e que se quiserem podem solicitar que será dado todo o apoio para o Acre.

Senadora Mailza pede ao Ministério da Saúde agilidade no diagnóstico de jovens que apresentaram reações após vacinação contra o HPV.

Congresso de Imunização no Acre

Ana Gorete destacou que neste semestre será realizado um seminário com a sociedade científica, pesquisadores e especialistas em imunização, pediatria e ginecologia, voltado para os profissionais de saúde com o objetivo de responder algumas questões sobre esse problema que atinge tantas adolescentes no estado do Acre.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!