Senadora Mailza Gomes apresenta ao Governo do Acre aplicativo para população ser orientada à distância por profissionais de saúde

Ferramenta “Atende em Casa” permite médicos ou enfermeiros façam videochamadas com orientações, e é indicada para as pessoas que apresentem sintomas gripais que podem ser causados pelo novo coronavírus ou H1N1

Para evitar que a população procure as unidades de saúde desnecessariamente durante a situação de emergência causada pela pandemia do coroavírus, a senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) apresentou na manhã desta quinta-feira, 7, numa reunião por vídeoconferência o aplicativo “Atende em Casa – Covid-19” ao Governo do Acre, ferramenta que permite uma classificação de risco do paciente e, se necessário, uma vídeochamada com enfermeiros ou médicos.  Participaram o Secretário Estadual de Saúde do Acre, Alysson Bestene e o presidente da Universidade da Amazônia [Unama], Janguiê Dias. 

“Assim que conheci a ferramenta, solicitei uma reunião vídeo digital para apresentar ao Governo do Acre. Foram três horas de conversa tratando de levar o aplicativo para o Acre com o objetivo de evitar que a população procure as unidades de saúde desnecessariamente durante a situação de emergência causada pela pandemia. O secretário Alysson já entrou em contato com os responsáveis pela plataforma e está sendo feito os ajustes para implantar no Acre. Além de descongestionar hospitais, o aplicativo traz economia para Sesacre e a gestão do governo. É a tecnologia aliada no combate ao coronavírus” ressaltou a senadora.

A senadora destacou que além de descongestionar hospitais, o aplicativo traz economia para Sesacre e a gestão do governo

 

O que é?

O “Atende em casa - Covid 19” permite uma classificação de risco do paciente e, se necessário, uma vídeochamada (teleorientação) com enfermeiros ou médicos. A ferramenta, que pode ser acessada por celular (smarthphone) ou computador, é indicada para os pacientes que apresentem sintomas gripais, que podem ser causados pelo novo coronavírus ou pelo vírus Influenza, por exemplo.

Como acessar?

A ferramenta pode ser acessada pelo www.atendeemcasa.pe.gov.br/. Os pacientes são submetidos a uma triagem sobre a gravidade do caso, a partir de um sistema de perguntas. Dependendo das respostas, o aplicativo poderá recomendar repouso, nos casos avaliados como sintomas leves. Nos casos moderados ou graves, a ferramenta abrirá uma videochamada, para que os pacientes recebem orientações remotamente com médicos ou enfermeiros.

Desenvolvido pela Prefeitura do Recife em parceria com o Google, Pitang, Brany e Fábrica de Negócios, o “Atende em casa - Covid 19” será disponibilizado em breve para os moradores do Acre. Posteriormente, o Governo do Estado vai expandir a experiência para outros municípios do interior.

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!