Mailza Gomes e ministra Damares visitam Colégio Militar Dom Pedro II

  • 30 de March de 2019

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC), acompanhada da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, a secretária Nacional de Políticas para Mulheres, Tia Eron e da secretária nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Priscila Gaspar, primeira surda a ocupar um cargo nessa área do Governo Federal e a ex-senadora e secretária Extraordinária de Relações Federativas e Internacionais do Rio Grande do Sul, Ana Amélia, visitaram na sexta-feira, (30), a escola Militar Dom Pedro II em Rio Branco, localizada no bairro Santo Afonso e primeira do país na inclusão de estudantes com deficiência física e intelectual.

A unidade administrada pelo Corpo de Bombeiros do Acre conta com 771 alunos, sendo 23 com algum tipo de deficiência e inclui estudantes com dislexia, TDAH, surdez, hiperatividade e autismo.

Mailza e a comitiva visitaram os espaços do Colégio Militar, conversaram com professores, alunos e conheceram um pouco da rotina de ensino no colégio.

Os alunos cantaram o hino acreano em Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). Após exibição do hino, o grupo de Ballet Studio de Dança composto de quatro meninas de 6 anos que fizeram uma apresentação de dança  com o tema “Todas as crianças são especiais”.

“É muita emoção ver um Colégio Militar inclusivo e vimos aqui também o lindo gesto dos outros alunos que não possuem deficiência se comunicando em Libras, e, eu acredito que este Colégio já um modelo para o Brasil de inclusão”, disse Damares.


Mailza fez questão de afirmar que o ensino público do Acre conta com um colégio de excelência em ensino “O modelo de educação com foco na disciplina está contribuindo na melhoria do processo ensino-aprendizagem desses alunos. As famílias e essas crianças ganharam muito com a implantação desse segundo colégio militar em Rio Branco. Me sinto honrada trazer a ministra pra conhecer a escola e temos certeza que em pouco tempo vamos ter bons frutos desse projeto. Muito emocionante conhecer a equipe e alunos com tantos talentos. Os profissionais estão de parabéns pelo cuidado e dedicação”, destacou Mailza.

O comandante do Colégio Militar relata que a inclusão de adolescentes com deficiência foi um desafio assumido pela equipe da unidade de ensino e que a determinação de todos os profissionais envolvidos é a mesma para levar ensino de qualidade aos alunos que precisam de cuidados especiais.

“Aqui nós temos mediadores, assistentes educacionais e intérpretes, empenhados em oferecer o melhor de si para os nossos estudantes e os resultados que estamos alcançando desde o ano passado nos mostra que estamos no caminho certo”, enfatizou o major Florisvan Craveiro.

Vista ao Colégio Militar Tiradentes

Esta é a segunda visita que a parlamentar faz a um  colégio militar em Rio Branco. Em março, Mailza esteve no Colégio Militar Tiradentes, que fica no bairro Calafate e atende 740 alunos, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, em dois turnos.

A senadora foi conhecer de perto a infraestrutura e a proposta pedagógica da instituição, administrada pela Polícia Militar do Acre. A escola atende alunos de 42 bairros de Rio Branco.

 

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades em primeira mão!